Templo do Som

Bem Vindos ao Mundo da Música

The Mars Volta – De-Loused in the Comatorium [2003]

Posted by Paulo Grossi em agosto 6, 2006

de-loused-in-the-comatorium-large.jpg

Em 2000 Cedric Bixler Zavala e Omar Rodrigues-Lopez, dois xicanos do Texas com uma forte inclinação psicodélica, decidiram abandonar no auge uma das bandas mais promissoras surgidas em décadas para fazer o que bem entendes sem. Essa banda era o At The Drive-In, que havia lançado no mesmo ano o álbum Relationship Of Command.

Por isso no fim de 2000 os dois decidem que já era hora de largar a antiga banda e começar um novo trabalho voltado para uma veia mais progressiva e mais experimental. Assim surge a nova banda The Mars Volta, que viria a gravar um E.P. intitulado de Tremulant. Esse é lançado em meados de 2002 que já mostrava ao público qual era a mensagem musical que o grupo queria passar.

Com isso Mars Volta estava preparado para entrar no estúdio e gravar seu primeiro álbum que só sairia em meados de 2003, nascia assim De-loused In The Comatorium, disco aclamado pela crítica que recebeu por parte das revistas de música com ótimas notas, já sendo chamada por alguns desses críticos com uma das bandas mais promissoras de sua geração.

As principais influências musicais são Led Zeppelin, Fugazi, Santana, Miles Davis nos anos 70, Radiohead, ambient dub e outras. Tem uma definição engraçada de Omar sobre o Mars Volta: ”Somos uma banda de rock que quer ser uma banda de salsa”. A capa do disco foi feita por Storm Thorgerson, que também desenhou Houses Of The Holy (Led Zeppelin) e Dark Side Of The Moon (Pink Floyd). John Frusciante, de Red Hot, tocou em ‘Cicatriz ESP’ e os baixos estão nas mãos de Flea também do Red Hot.

O primeiro single do disco foi Inertiatic ESP, que em sua capa trazia mais uma referência clara ao surrealismo. É um olho fechado com formigas por dentro. As formigas são temas fortes em obras de autores surrealistas, como no filme “Um Cão Andaluz” de Luiz Buñuel e Salvador Dali. O filme é um marco no surrealismo e foi feito a partir da idéia que Dali teve sobre uma mão cheia de formigas, e da idéia de Buñuel de uma nuvem cortando a lua. No filme um homem corta o olho de uma mulher com uma navalha, intercalando com a cena da nuvem cortando a lua. Devo dizer que a referência a este filme é direta. Formigas e olho.

Como se fosse indicativo de sua amplitude e intenção, o disco é denso, inóspito nas primeiras audições – mesmo contando com a produção do eclético Rick Rubin e com o chili pepper Flea. De um modo geral o disco percorre faixas que vão de um heavy metal pesado (intertiac) a músicas mais densas (televators), música essa que remete a construção das canções de rock dos anos 70, lembrando em muito a clássica Stairway to Heaven do Led Zeppelin, pela forma como a canção e música vão evoluindo até atingir um climax de grande densidade sonora que poucas bandas conseguem atingir.

O resultado dessa mescla variada de sons e sonoridades é um disco no mínimo impecável, que consegue não só aliar qualidades musicais, mas também estéticas, juntando-se a isso uma capacidade criativa fora de série.

Não pense duas vezes em baixar. Este álbum é sensacional! Gostaria muito que vocês comentassem sobre ele aqui no Templo do Som.

Abraço!

Paulo Grossi [PG]

DOWNLOAD

Anúncios

6 Respostas to “The Mars Volta – De-Loused in the Comatorium [2003]”

  1. André said

    Eriatarka……

    O que que é isso meu!!!!!!
    Que banda é essa meu……. que que é isso meu!!!!!
    Aliás, eu escutei primeiro “France The Mute”, depois de 1 semana escutando ele sem parar, agora estou tb… sem parar escutando De-Loused in the Comatorium, …..

    Trabalho Brilhante desses caras!!!!!

  2. Rob Gomez Valdez said

    Cedric e Omar são meus herois musicais.São caras como estes que fazem a gente acreditar que o rock’n’roll ainda pode ser perigo,criativo,cativante e emocional.De-Loused é um classico!Assi como Frances The Mute.Ah!,sem esquecer dos albuns luminosos do At The Drive-In.Eu não tenho uma banda chamada EMBROGLIO á toa.Tente escutar este petardo rock’n’roller do album Acrobatic e ficar parado.Eu duvido que consiga!O MC5 encontrou um substituto à altura!!!

    Um abraço e peço que continue prestando este serviço incrivel que é divulgar bandas como esta.

    Até mais e longa vida ao rock’n’roll!

  3. Queiroga said

    Qual é a senha?

  4. Caro Queiroga,

    Infelizmente o arquivo que vc baixou estava com uma senha, que deve ter sido colocada acidentalmente pelo dono do arquivo, que nesse caso excepcionalmente não foi o Templod do Som. Mas para contornar essa situação estaremos postando um novo link em breve.

    Grato por sua visita

    Paulo Grossi [PG]

  5. senha! said

    achei o password na net procurando no google : vodka
    pode testar que funciona

  6. Claudio Pierri said

    UM vício??? The Mars Volta…
    Creio que todos os CD’s do The Mars são bons(eu ja houvi a todos), mas De-Loused in the Comatorium, NOSSA!!!
    Épico que deve ser um memorável na vida de muitas cabeças livres…
    Melhores:Eriatarka, Roulette Dares…
    Abraços a todos fãs destes Titãs da música…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: